Ft. Alexandre Leite
TELEFONE: (19) 3388-2742  /  (19) 99290-2828
Instagram

Fisioterapia ortopédica e neurológica com Wii

Infraestrutura Fisiolife

Oferecemos também um tratamento inovador e muito utilizado nos países da América do Norte e Europa – a Wiiterapia. Trata-se da fisioterapia realizada com a utilização do videogame Nintendo® Wii. Utilizamos jogos interativos próprios para fisioterapia que fazem com que os pacientes se esforcem para executar bem as jogadas, aumentando assim a força muscular com consequente melhora dos movimentos e coordenação motora. Também estimula a atividade cerebral, aumento da capacidade de concentração e equilíbrio.

Lançado pela Nintendo em 2006, o console Wii permite ao usuário ter a sensação de movimento de diferentes esportes, como arco e flecha, tênis, boxe, baseball, boliche, golfe, além do Wii Fit, que possibilita a prática de skate, snowboard e yoga. A interface do videogame transforma os movimentos corporais em elementos de entrada, ou seja, o sistema reconstrói os movimentos de membros superiores e inferiores e de todo do corpo, diferente do que ocorre em um jogo convencional, em que o sistema apenas distingue o movimento dos dedos no joystick.

O videogame é recomendado como instrumento de reabilitação para disfunções de equilíbrio e de controle postural, sendo que o feedback do sistema permite o controle e aprendizagem motora. Além disso, os jogos enfatizam a experiência emocional, que por sua vez aumenta a atração para o jogo e contribui para a vertente educacional. Isto é válido para todas as idades, de forma que os jogos podem ser considerados ferramentas poderosas para o treino e prática clínica. A sua aplicação é transversal no campo de ação do Fisioterapeuta, sendo utilizada em patologias neurológicas passando pela reabilitação cardiorrespiratória até patologias musculoesqueléticas, desde os mais novos até aos mais idosos.

Os benefícios da utilização do Nintendo® Wii na Fisioterapia incluem as correções da postura e do equilíbrio, o aumento da capacidade de locomoção, da amplitude de movimento dos membros superiores e inferiores, além da motivação do paciente.

O tratamento pode ser direcionado a pacientes de qualquer idade, desde crianças até idosos com problemas neurológicos e ortopédicos.